terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Hoje é dia de calar o que sinto.
Calar de uns aquilo que sinto mas não posso dizer, e doutros aquilo que sinto há muito e não consigo confessar.
Tudo o que me incomoda.
E tem que ficar cá dentro...


[vou ouvir aquela música no repeat até acreditar... e tu, M., tu vais acreditar comigo!]

5 comentários:

C&M disse...

Vou partir do pressuposto que a M. sou eu ... estou errada?
Mas já agora, qual é a música?
Muitas das vezes calar torna-se um peso muito grande, mais vale soltar tudo ao vento ... quem sabe as coisas não correm pelo melhor.

moça disse...

É esta aqui em baixo... :P
Não posso falar! Tu sabes quem não me deixa falar!

C&M disse...

pois :$ não consigo ver!
mas mais logo eu trato disso!

antonio disse...

Hei amiga do que te conheço sempre soubeste gerir e levar a bom porto as tuas makas.
Keep cool,e vai derramando umas chavenas de chá onde achares melhor!!!

moça disse...

mwahahahahahahahahahah...